sexta-feira, 13 de maio de 2011

Ó ISRAEL, QUEM É COMO TU ?

     Do final do século 19 até o ano de 1947, cerca de meio milhão de judeus vieram de diversas partes do mundo para uma região chamada pelos árabes de Palestina, o lugar onde hoje existe o Estado de Israel. Essas pessoas queriam criar um estado judaico, um refúgio contra a intolerância e as perseguições que sempre existiram contra os judeus desde a época da Idade Média. Esse movimento chamou-se SIONISMO, nome que vem de SIÃO, como antigamente era chamada a cidade de Jerusalém.
       Os sionistas diziam que a Palestina era “uma terra sem povo, para um povo sem terra”. Mas ali já moravam milhares de descendentes de árabes e de povos cananeus. A PALESTINA fez parte do Império Otomano até final da 1ª Guerra Mundial, quando passou a ser dominada pela Inglaterra. Depois da 2ª Guerra Mundial, o mundo ficou conhecendo as barbaridades do nazismo contra os judeus, e os países se convenceram que a criação de um estado judeu era urgente e inevitável, era uma questão de justiça.

terça-feira, 10 de maio de 2011

Aniversário de 63 anos do Estado de Israel



Estamos nos aproximando de mais um aniversário da fundação do Estado de Israel. Mas ao mesmo tempo em que Israel prepara as comemorações de seus 63 anos, milhares de árabes lembram a Nakba, ou "catástrofe", que representa para eles a criação do Estado de Israel.

Israel é o verdadeiro relógio histórico e profético de Deus para o mundo. O próprio Jesus deixou isso bem claro quando falou no sermão profético de Mateus 24:

segunda-feira, 2 de maio de 2011

A MORTE DE OSAMA BIN LADEN

    Nas primeiras horas da madrugada desta segunda feira, dia 02 de maio, o mundo recebeu estarrecido e surpreso a notícia da morte do terrorista Osama Bin Laden, líder da organização criminosa Al Qaeda e mentor do ataque às Torres Gêmeas (EUA).
    A confirmação da notícia nos dias que se seguirão, talvez com a exibição do cadáver do famigerado terrorista, será mais uma vez a confirmação de que