sexta-feira, 29 de outubro de 2010

493 ANOS DE REFORMA PROTESTANTE



No dia 31 de outubro, fazem 493 anos que o padre alemão Martinho Lutero pregou na porta de sua igreja folhas de papel com 95 teses, ou propostas, na cidade de Wittemberg. Foi a maneira daquele padre protestar contra a venda de indulgencias pela Igreja Católica, eram documentos assinados pelo Papa que garantiam o perdão dos pecados da pessoa, bastava pagar uma soma em dinheiro.



Foi o começo de uma revolução espiritual, social, econômica e política chamada REFORMA PROTESTANTE, que séculos depois produziria o Movimento Pentecostal, de onde veio a Assembléia de Deus e a maioria das Igrejas Evangélicas.

É triste dizer, mas ainda hoje algumas igrejas supostamente evangélicas estão indo naquele mesmo rumo errado, vendendo bençãos e perdão, vendendo até pedaços do céu, vendendo diploma de dizimista, certificado de pastor ungido e carteirinha de patrocinador.

Lutero pode estar morto, mas o Deus a quem ele servia, o Deus que ele chamou de “Castelo Forte” em um de seus hinos, ainda está vivo e agindo no meio do povo.

Convidamos aos evangélicos de todas as denominações celebrarem esse dia 31 de outubro, relembrando o dia da Reforma Protestante.

eleições 2010



Estamos às vésperas do 2º turno das eleições para governador e presidente. Em nosso Estado do Amapá, segundo a Justiça Eleitoral, quase 65 mil pessoas deixaram de votar, ou votaram em branco, ou votaram nulo, mas todos podemos e devemos participar da construção de um Amapá melhor e um Brasil melhor, e nesse momento o instrumento para mudança é o nosso voto. Todos os candidatos prometem mudança, mas devemos pensar que qualquer coisa pode mudar para melhor ou para pior, dependendo da nossa escolha. Por isso, devemos escolher bem, olhando além das aparências, além dos votos comprados, além das promessas vazias. Aliás, é muito fácil o candidato dizer que vai fazer isto ou aquilo, mas nem sempre dizer como se vai colocar em prática, e isso é muito importante.



As escolhas do povo são soberanas, mas nem sempre são certas. Basta lembrar que em 1930 o povo alemão, um povo culto, estudado, com uma cultura riquíssima, um povo com muitos escritores e estudiosos, elegeu para o governo uma pessoa que nunca tinha disputado uma eleição, que nunca tinha governado nada, que não passava de um soldado raso e um artista fracassado. Mas ele falava o que o povo gostava de ouvir, ele se apresentava ao povo como “gente da gente”, ele prometeu que a Alemanha seria o maior país do mundo, mas ele perseguiu a imprensa, ele pisou os princípios éticos e morais da Humanidade, levando os alemães a odiar todos os estrangeiros, principalmente os judeus. Esse homem levou o mundo à 2ª guerra mundial, matou milhões de pessoas, ele se chamava Adolf Hitler; nesta semana, um museu na Alemanha preparou uma exposição de fotos e cartazes dele, e as pessoas que ali comparecem ficam assombradas e se perguntando: como Hitler conseguiu iludir o povo alemão ? E como o povo alemão conseguiu se enganar tanto ? Portanto, não vamos repetir o erro dos alemães. Vamos escolher bem, para não se arrepender depois.

Existem candidatos que procuram ganhar votos dizendo que pegaram em armas contra a ditadura militar nos ambos 60. Mas a verdade é bem diferente: numa entrevista recente, o deputado federal Fernando Gabeira (RJ), que pertenceu ao grupo armado MR-8, disse: “o que nós queríamos era implantar uma ditadura do proletariado”. Isso mesmo, os grupos armados dos anos 60 não lutavam para tirar os militares e fazer uma constituição cidadã, implantar a democracia e a liberdade de voto, de crença e de imprensa, na verdade esses grupos terroristas queriam transformar o Brasil numa outra Cuba, numa Rússia, com uma ditadura comunista, e para isso usavam a violência, assaltando, matando e praticando toda sorte de barbaridades. A ditadura militar não foi nenhum paraíso, mas os guerrilheiros dos anos 60 não eram nenhum bando de defensores da democracia e da liberdade. Portanto, passado de guerrilheiro não é glória para ninguém.

Repetimos ao povo evangélico: embora os votos do Amapá sejam pouco no total do Brasil, nossas orações são poderosas, pois a Bíblia nos assegura que “a oração feita por um justo muito pode em seus efeitos”. No 1º turno, o povo evangélico se mobilizou em oração, e os institutos de pesquisas foram envergonhados, foram chamados pela imprensa de “profetas fracassados”, porque os verdadeiros profetas de Deus batalharam em oração. Portanto vamos votar bem, escolhendo candidatos que sejam contra o aborto, contra a legalização das drogas, contra a violência, contra a mentira, e contra outras coisas que a Bíblia condene. E além de votar, vamos orar: a Escola Bíblica Dominical no Templo Central será antecipada para sábado à tarde, 4 horas, e nessa mesma reunião estaremos levantando um clamor e uma intercessão por esta eleição. Convidamos a todo o povo evangélico a fazer o mesmo, em suas igrejas, congregações e comunidades. E todos estão convidados a estarem conosco nesta Escola Bíblica de Sábado, com o tema “ORANDO COMO JESUS ENSINOU”. Povo de Deus, ore e vote. Que Deus nos abençoe.





quinta-feira, 14 de outubro de 2010

SER PROFESSOR



Tarefa difícil, mas não impossível,
tarefa que pede sacrifício incrível!
Tarefa que exige abnegação,
tarefa que é feita com o coração!
Nos dias cansados, nas noites de angústia,
nas horas de fardo, de tamanha luta,
chegamos até a questionar:
Será, Deus, que vale a pena ensinar?
Mas bem lá dentro responde uma voz,
a que nos entende e fala por nós,
a voz da nossa alma, a voz de Deus:
- Vale sim, coragem!
Você ensinando, aprende também.
Você ensinando, faz bem a alguém,
e vai semeando nos alunos seus,
um pouco de paz, e muito de Deus.
(Autor Desconhecido)

SOU UM PROFESSOR



Sou um professor. Nasci no momento em que a primeira criança fez sua primeira pergunta.

Tenho sido muitas pessoas em muitos lugares. Os nomes daqueles que exercem minha profissão constituem uma galeria de fama da humanidade: Paulo Freire, Montessori, Emília Ferreiro, Moisés, Jesus.



Sou também nomes e rostos que já foram esquecidos, mas cujas lições e caráter serão lembrados para sempre nas realizações dos que educaram.

Já chorei de alegria em casamentos de ex-alunos, ri de felicidade pelo nascimento de seus filhos e baixei a cabeça diante de sepulturas cavadas cedo demais para corpos jovens demais.

Ao longo do dia, sou chamado de artista, amigo, enfermeiro, médico, treinador; tenho que encontrar objetos perdidos, emprestar dinheiro, ser psicólogo, substituto de pai e mãe, político, e guardião da fé.

Apesar dos mapas, gráficos, fórmulas e verbos, na verdade o mais importante a ensinar aos meul alunos é quem eles são de verdade.

Quanto mais escuto, mais alta se faz minha voz ouvir. Quanto mais estou disposto a receber com
simpatia o que vem dos meus alunos, mais tenho para oferecer-lhes.

Riqueza material não é o meu sonho, mas sou um caçador de tesouros, à procura de novas oportunidades para meus alunos usarem seus talentos e buscando descobrir seu potencial, às vezes enterrado debaixo dos fracassos da vida.

Eu sou o mais feliz dos trabalhadores. Enquanto que um médico traz uma vida ao mundo, eu cuido da vida a cada dia, ajudando-a renascer com novas perguntas, melhores idéias e oportunidades. Um arquiteto, se construir sua obra com cuidado, sabe que ela durará muitos anos, um professor sabe que se ensinar com perfeição, sua obra durará para sempre.

Sou um guerreiro que luta contra a pressão dos colegas, o descaso dos governos, o pessimismo, o medo, o conformismo, o preconceito e a ignorância. Mas não estou sozinho nessa luta; estão comigo a inteligência, o apoio dos pais, a criatividade, o riso, a fé e o amor.

Tenho um passado cheio de lembranças, tenho um presente cheio de desafios, e passo meus dias vivendo com o futuro.

Sou um professor... e agradeço a Deus por isso todos os dias.

(Adaptação livre de JONH W. SCHALATTER )

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

SINAIS DOS TEMPOS ...

Vejam essas ...




DEPOIS DE 3 DE OUTUBRO...



Publicados os resultados da eleição, algumas constatações:
1) Serra e Dilma preparam-se para o 2º turno, assim como Lucas Barreto e Camilo Capiberibe em nosso glorioso Estado do Amapá, afiando suas armas;

2) Marina Silva muito disputada. Quem ela apoiará ? esperemos as cenas do próximo capítulo (70% de probabilidade de apoiar o Serra, na minha opinião).

3) Alguns candidatos a deputado estadual e federal dormiram eleitos e acordaram sem mandato, devido ao famigerado coeficiente eleitoral (rsrsrs).

4) O vereador e irmão em Cristo Anab Sandre não chegou, infelizmente, tampouco nosso irmão Valdenor Guedes. Aliás, no geral, os candidatos evangélicos foram pouco votados. Sinais dos tempos..., A liderança (pastores e cia) parece que está um pouco desprestigiada. Por que será ?

5) Antecipamos a Escola Bíblica do dia 03/10 para a sexta-feira 01/10 à noite, foi uma benção, a lição sobre ORAÇÃO, e em seguida PALAVRA DE CONSCIENTIZAÇÃO SOBRE CIDADANIA E VOTO ÉTICO, para depois um período de oração e intercessão pelo Estado e pelo Brasil.

6) Apesar de ter sido uma eleição tranquila, na opinião das autoridades eleitorais, foram abertos cerca de 20 processos judiciais que podem (ou não) resultar em condenações e alterar o quadro de eleitos.

7) Destaque para as abstenções: 62.539 (MAIS DE SESSENTA MIL PESSOAS !!!) deixaram de votar !! (fonte http://www.tse.gov.br/internet/eleicoes/estatistica2010/Est_resultados/quadro_comparecimento.html)

8) Ei, não vamos esquecer dos votos em branco (GOVERNADOR, 4.424; SENADOR 20.154, DEPUTADO FEDERAL 6.815 e DEPUTADO ESTADUAL 4.447) e nulos (GOVERNADOR, 21.012; SENADOR 173.511, DEPUTADO FEDERAL 35.515 e DEPUTADO ESTADUAL 10.158). Claro que, no caso de SENADOR e DEPUTADO FEDERAL, a quantia elevada se deve aos votos anulados dos candidatos JOÃO ALBERTO CAPIBERIBE e JANETE CAPIBERIBE. Mesmo assim, é muita gente ... CANDIDATOS, CORRAM ATRÁS DO PREJUÍZO !!!

9) Adianto logo meu voto: LUCAS para governador, e SERRA pesidente. Dilma e o PT já tiveram seu tempo e sua chance, fizeram alguma coisa, mas já é tempo de se retirarem. Aliás, com as últimas do PT (mensalões, PNDH-3, PLL 122/2009, Controle da imprensa, etc) já se aplica Daniel 5, 26-28: "Contou Deus o teu reino e o acabou; Pesado foste na balança e achado em falta; Dividido foi o teu reino entre os médos e os persas".

Oremos, votemos e esperemos !